UMAPAZ | Programa Carta da Terra em Ação

Fórum da Formação de Agentes Socioambientais Urbanos, promovido pela UMAPAZ, para compartilhar ideias, opiniões e iniciativas.


Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se

UMAPAZ | Programa Carta da Terra em Ação » Dialogando com os temas » Trabalhos de Conclusão - turma 11 » Projeto Escolar

Projeto Escolar

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo  Mensagem [Página 1 de 1]

1 Projeto Escolar em Qua Ago 20, 2014 8:40 pm

1. Definição dos grupos (nomes dos participantes);

A princípio Maressa e Carol Felix com participação de David  Ferreira, Caroline Nunes, e quem mais quiser/puder ajudar.

2. Tema e título (se já houver) do projeto
Ainda sem título.

Este projeto visa despertar o interesse e a consciência sustentável e ecológica de alunos  do ensino fundamental 1 (4° e 5° ano) dividida em módulos que irão conversar entre si: A criança consigo mesma, a criança com o outro e a criança com a Terra.
Iremos escolher, por meio de uma espécie de seleção, 20 alunos que estarão à frente do projeto reciclagem, composteira e Horta escolar, o restante irá participar de palestras e oficinas práticas.

3. Territorialização: relevância da ação socioambiental (Introdução e Justificativa)

Este projeto visa contemplar a Emef. Oscar Pennacino localizada no JD.Bandeiras em Osasco.
A Pennacino é uma escola pública frequentada por alunos de baixa renda. É uma das melhores escolas da região por ter uma diretoria bem atenta e aberta a iniciativas de fora.
O bairro possui muitos problemas próprios de regiões periféricas, falta árvores, parques, centros culturais, exesso de lixo e entulho pelas ruas etc.
A escolha dessa escola foi justamente pelo fato de observarmos seu potencial como pôlo de transformação vindo primeiramente da diretora da escola e dos professores e segundo pelos alunos que estão muito animados com o projeto.
Os alunos sentem muita falta de atividades lúdicas e práticas, fora da sala de aula, onde eles podem mostrar seus talentos , usar sua criatividade e refletir sobre as questões contextualizadas à realidade deles de acordo com a condição de seres humanos em desenvolvimento, em suma, fazer com que estes alunos percebam que:
"O fato de me perceber no mundo, com o mundo e com os outros me põe numa posição em face do mundo que não é a de quem nada tem a ver com ele. Afinal, minha presença no mundo não é a de quem a ele se adapta mas de quem nele se insere. É a posição de quem luta para não ser apenas objeto, mas sujeito também da história." Paulo Freire"
Quem são e como pensam os atores nessa realidade? Quais seus desejos e necessidades? Quais os problemas, suas causas e seus efeitos? Quais são os valores da equipe do projeto? Eles coincidem? Quais as características e as competências da equipe?  

·        Criando uma base para a avaliação final, identificar as situações que possam limitar ou potencializar o alcance dos resultados do projeto.

·        Reuniões grupais com o público- alvo, histórias de vida, expectativas em relação às novas habilidades que esperam adquirir, modos de divulgação e seleção dos futuros 20 alunos que estarão à frente do projeto.

·        Reuniões da própria equipe da organização, refletir sobre os dados pesquisados e desenhar o projeto a partir das várias opções surgidas e da análise de seu potencial e de sua viabilidade.

 a. Exposição inicial dos problemas, limitações e desafios que induziram a ação planejada;
O desafio do momento é organizar o projeto de uma maneira que TODOS (alunos, professores e funcionários) se integrem e contribuam com a futura Horta da escola, no entanto, a ideia não é trazer somente uma horta mas sim, induzir a escola a começar reciclar, fazer compostagem e fazer com que esse projeto vingue para outras escolas da região.

A ideia da escola ser um pôlo de transformação onde, a partir de si mesma se fortalece e num futuro próximo,  transborda ideias para a comunidade

4. Aproximação com o território da ação e análise de viabilidade:
 a. Apresentar quais passos já foram dados
Tudo certo com diretoria e prefeitura que disponibilizará Terra e Mudas para a futura Horta.
Fiz uma palestra com o tema Você o que você come onde eles tiveram a oportunidade de repensar seus hábitos alimentares.
Essa semana passamos nas salas de aula explicando o proximo passo que é conhecer os alunos intessados em participar do projeto. Colamos cartazes pela escola com a seguinte pergunta: Como seria a horta dos seus sonhos? Semana que vem estaremos recolhendo o trabalho que eles irão fazer que poderá ser Desenho, colagem, histórias em quadrinho etc
b. O caminho percorrido mostra coerência com o planejamento inicial?
Sim.

Ver perfil do usuário

2 Re: Projeto Escolar em Qua Ago 20, 2014 9:01 pm

mmachado7 escreveu:1. Definição dos grupos (nomes dos participantes);

A princípio Maressa e Carol Felix com participação de David  Ferreira, Caroline Nunes, e quem mais quiser/puder ajudar.

2. Tema e título (se já houver) do projeto
Ainda sem título.

Este projeto visa despertar o interesse e a consciência sustentável e ecológica de alunos  do ensino fundamental 1 (4° e 5° ano) dividida em módulos que irão conversar entre si: A criança consigo mesma, a criança com o outro e a criança com a Terra.
Iremos escolher, por meio de uma espécie de seleção, 20 alunos que estarão à frente do projeto reciclagem, composteira e Horta escolar, o restante irá participar de palestras e oficinas práticas.

3. Territorialização: relevância da ação socioambiental (Introdução e Justificativa)

Este projeto visa contemplar a Emef. Oscar Pennacino, localizada no JD.Bandeiras em Osasco.
A Pennacino é uma escola pública frequentada por alunos de baixa renda. É uma das melhores escolas da região por ter uma diretoria bem atenta e aberta a iniciativas de fora.
O bairro possui muitos problemas próprios de regiões periféricas, faltam árvores, parques, centros culturais, excesso de lixo e entulho pelas ruas etc.
A escolha dessa escola foi justamente pelo fato de observarmos seu potencial como polo de transformação, vindo primeiramente da diretora da escola e dos professores, e segundo pelos alunos que estão muito animados com o projeto.
Os alunos sentem muita falta de atividades lúdicas e práticas, fora da sala de aula, onde eles podem mostrar seus talentos, usar sua criatividade e refletir sobre as questões contextualizadas a sua realidade, de acordo com a condição de seres humanos em desenvolvimento, em suma, fazer com que estes alunos percebam que:
"O fato de me perceber no mundo, com o mundo e com os outros me põe numa posição em face do mundo que não é a de quem nada tem a ver com ele. Afinal, minha presença no mundo não é a de quem a ele se adapta mas de quem nele se insere. É a posição de quem luta para não ser apenas objeto, mas sujeito também da história." Paulo Freire
Quem são e como pensam os atores nessa realidade? Quais seus desejos e necessidades? Quais os problemas, suas causas e seus efeitos? Quais são os valores da equipe do projeto? Eles coincidem? Quais as características e as competências da equipe?  

·        Criando uma base para a avaliação final, identificar as situações que possam limitar ou potencializar o alcance dos resultados do projeto.

·        Reuniões grupais com o público- alvo, histórias de vida, expectativas em relação às novas habilidades que esperam adquirir, modos de divulgação e seleção dos futuros 20 alunos que estarão à frente do projeto.

·        Reuniões da própria equipe da organização, refletir sobre os dados pesquisados e desenhar o projeto a partir das várias opções surgidas e da análise de seu potencial e de sua viabilidade.

 
O desafio do momento é organizar o projeto de uma maneira em que TODOS (alunos, professores e funcionários) se integrem e contribuam com a futura Horta da escola. No entanto, a ideia não é trazer somente uma horta, mas, sim, induzir a escola a pensar em formas de reciclagem, compostagem e fazer com que esse projeto vingue para outras escolas da região.

A ideia da escola ser um polo de transformação onde, a partir de si mesma se fortalece e num futuro próximo,  transborda ideias para a comunidade

4. Aproximação com o território da ação e análise de viabilidade:
 a. Apresentar quais passos já foram dados
Está tudo certo com a diretoria e a prefeitura, que disponibilizará terra e mudas para a futura Horta.
Fiz uma palestra com o tema "Você é o que você come", onde eles tiveram a oportunidade de repensar seus hábitos alimentares.
Essa semana passamos nas salas de aula explicando o próximo passo que é conhecer os alunos interessados em participar do projeto. Colamos cartazes pela escola com a seguinte pergunta: Como seria a horta dos seus sonhos? Semana que vem estaremos recolhendo o trabalho que eles irão fazer que poderá ser feito através de desenhos, colagens, histórias em quadrinho etc.
b. O caminho percorrido mostra coerência com o planejamento inicial?
Sim.

Ver perfil do usuário

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo  Mensagem [Página 1 de 1]

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum